fbpx

Onde estão minhas curtidas? Marketing Viral explicado.

onde estão minhas curtidas

Se você vive cobrando sua equipe de marketing pelas curtidas de seus conteúdos, ou ainda se estiver ansioso para que seu negócio “se torne viral”, não o culpamos por isso.

Diversas marcas desejam, com razão, que seus nomes e conteúdos sejam exibidos para o maior número de pessoas possível.

Na verdade, aumentar o conhecimento da marca é o número um entre as principais metas de mídia social das empresas quando o assunto é marketing digital atualmente.

Isso explica por que tantas empresas olham para o marketing viral como uma oportunidade de se catapultar para o estrelato da mídia social.

Mas perseguir tendências e momentos únicos realmente faz sentido atualmente?

As marcas não deveriam se concentrar nas mídias sociais como parte de uma estratégia de marketing maior?

O conceito de marketing viral definitivamente merece uma revisão à medida que entramos em uma nova década. É exatamente por isso que elaboramos este guia.

O que é marketing viral, afinal?

Para começar, aqui está uma definição rápida de marketing viral: O marketing viral é um estilo de promoção que depende da disseminação de conteúdo por um público, levando a mensagem de um produto ou serviço para mais pessoas de forma orgânica.

O marketing é considerado “viral” quando atinge o ponto em que está sendo compartilhado pelo público em geral, e não apenas pelo seu público-alvo.

Se alcançado, sua mensagem estará no feed de mídia social de quase todos.

Mas como funciona o marketing viral?

Bem, muito do marketing viral moderno nas redes sociais pode ser ilustrado pela popularidade dos memes.

Embora não necessariamente vinculado a um produto específico, a maneira como os memes se espalham anda de mãos dadas com os princípios que se tornam virais.

Pense em como fenômenos aparentemente aleatórios como Baby Yoda ou outro desses memes de whatsapp assumem o controle das redes sociais do nada.

Memes são compartilhados e promovidos como loucos porque ressoam com as pessoas, enquanto os de fora se envolvem com tendências de memes por meio de “curtidas” e compartilhamentos.

As mesmas regras se aplicam ao marketing viral em que seguidores e clientes compartilham o conteúdo de uma marca porque sua mensagem ou anúncio vale a pena.

Campanhas virais são buscadas a todo momento por diversas marcas e empresas. Muitos tentarão, mas poucos realmente conseguirão receber o tipo de alcance viral que procuram.

O que a maioria das campanhas de marketing viral têm em comum?

Embora as mensagens virais e o conteúdo variem enormemente de empresa para empresa, existem três elementos distintos que a maioria das campanhas compartilha.

Os profissionais de marketing devem ter isso em mente ao tentar avaliar se uma campanha tem ou não potencial para algum buzz sério.

Eles são orgânicos

Isso é fato: as campanhas virais não podem ser forçadas. No caso de qualquer tipo de tendência, se algo será compartilhado ou não, é decidido em última instância pelo seu público.

O conteúdo se espalha organicamente.

É assim que funciona o marketing viral. Muitas vezes, é sobre estar no lugar certo na hora certa (ou melhor, dizer a coisa certa na hora certa).

Dito isso, uma boa dica é sempre configurar seu conteúdo para compartilhamento nas tendências sociais.

Eles são momentâneos

Simplificando, as tendências vêm e vão.

Embora as campanhas de marketing viral tenham o potencial de deixar uma impressão nos clientes ou no público em geral, as pessoas têm períodos de atenção muito curtos para esses tipos de memes, tópicos importantes e tendências.

No momento em que uma tendência explode, muitas vezes estamos procurando a próxima, e assim por diante.

As marcas devem ser cautelosas ao tentar repetir uma campanha viral ou exaurir uma tendência popular.

Só porque algo está quente agora, não significa que terá poder de permanência nos próximos anos.

É a razão pela qual as marcas não estão mais parodiando o “Harlem Shake” ou o “Gangnam Style” lembra deles?

biblioteca do marketing digital 7dPowered by Rock Convert

Eles são ousados

Lembre-se de que há um risco inerente envolvido com as campanhas e táticas de marketing viral.

Tornar-se viral significa fazer algo que chame a atenção do público. Isso não acontece por acaso, nem acontece tentando permanecer seguro.

Nem todas as campanhas de marketing viral são controversas, mas tendem a sair do campo politicamente correto. E com isso, descobrimos a grande desvantagem potencial do marketing viral: tornar-se viral pelos motivos errados.

Por onde começar com marketing viral

Os profissionais de marketing atualmente estão procurando um ROI concreto de seu tempo gasto nas redes sociais.

Isso significa que ir atrás de momentos virais em vez de olhar para o panorama geral de sua presença não faz sentido como uma prioridade para a maioria das marcas.

Mesmo assim, existem dicas práticas e conclusões do marketing viral que podem beneficiar marcas de todas as formas e tamanhos em termos de manter contato com o que o público está comentando e reagir de uma forma que se encaixa e promove sua identidade de marca.

Se nada mais, todos os profissionais de marketing devem ter controle sobre o que torna o conteúdo social compartilhável e digno de divulgação.

Aqui estão algumas dicas para ajudar você que busca produzir conteúdo viral que valha a pena compartilhar e aumentar sua visibilidade geral nas mídias sociais.

Reflita sobre por que você deseja se tornar viral em primeiro lugar

Um dos maiores problemas das empresas que tentam se tornar virais é não saber por que querem estar no feed de mídia social de todos.

Você está procurando mais menções? Conscientização da marca? Tentando chamar a atenção dos clientes?

Alinhar suas tentativas virais com seus objetivos gerais irá guiá-lo para a criação de conteúdo significativo, em vez de apenas jogar algo junto e esperar que grude.

Você tem que ter um plano de ação com o seu conteúdo e as campanhas virais não são diferentes.

Anos atrás, os profissionais de marketing podem ter tentado argumentar que o conteúdo viral precisa se popularizar de todas as maneiras possíveis. Os tempos mudaram, no entanto. Nem toda imprensa é mais “boa”.

Torne-se o melhor amigo dos relatórios de mídia social

Lembre-se do que dissemos antes sobre o seu público ter um papel fundamental no que é compartilhado?

Esteja você procurando curar ou criar conteúdo viral, você precisa saber o que repercute em seus seguidores. Como você descobre isso?

Para começar, veja quais partes do conteúdo têm o melhor desempenho monitorando essas métricas de mídia social:

  • Engajamento do público
  • Tráfego e desempenho de palavras-chave
  • Impressões de página
  • Cliques e alcance
  • Dados demográficos

Cada uma dessas métricas de mídia social pode fornecer uma visão sobre o que tem potencial compartilhável. Talvez seja um vídeo. Talvez seja um meme.

Certifique-se de que seu conteúdo esteja preparado para compartilhamento

Isso pode parecer complicado, mas você deve ter certeza de que seu conteúdo está otimizado para compartilhamento rápido e fácil.

Por exemplo, as campanhas sociais não devem se limitar à conta principal da sua empresa.

De blogs e boletins informativos a eventos presenciais e outros em sua rede, considere até que ponto você pode espalhar sua mensagem com aquilo que está disponível para você.

Em seguida, faça um brainstorming dos melhores canais de mídia social para qualquer promoção ou conteúdo.

Por exemplo, conteúdo baseado em imagem é mais direcionado para Facebook, Twitter ou Instagram. Os vídeos virais também são importantes para o YouTube, TikTok e Instagram.

É inteligente tornar o compartilhamento o mais simples possível.

Você pode fazer com que seu público tenha mais facilidade para compartilhar sua campanha:

  • Fornecendo várias formas diferentes para compartilhar;
  • Oferecendo produtos ou serviços gratuitos;
  • Encontrar as motivações comuns de seu público principal;
  • Fazer perguntas que levam os espectadores ou leitores a pensar e falar;
  • Nunca restringindo ou bloqueando seu conteúdo.

Use hashtags para espalhar sua mensagem

Hashtags andam de mãos dadas com mais compartilhamentos sociais.

Por uma questão de conscientização e compartilhamento fácil, adicionar uma hashtag a qualquer campanha é uma jogada inteligente para torná-la mais visível e memorável aos olhos de seu público.

Dedicar algum tempo para criar uma hashtag também vale a pena para rastrear o sucesso de suas campanhas em termos de menções e compartilhamentos.

Espero ter agregado no seu conhecimento de alguma forma, as dicas compartilhadas no blog são sempre embasadas de teoria e prática, nosso objetivo é sempre pensado para te ajudar a desvendar e desmistificar o mundo do Marketing Digital.

Ficou com alguma dúvida? Deixa aqui nos comentários ou chama a gente no whatsapp, messenger.

biblioteca do marketing digital 7dPowered by Rock Convert

Related posts

Leave a Comment